shopping-bag 0
Items : 0
Subtotal : R$0,00
View Cart Check Out

Gerson





Gerson

Compartilhe:

Gérson de Oliveira Nunes, o Gérson, nasceu em Niterói, no Rio de Janeiro, em dia 11 de janeiro de 1941. Iniciou a carreira no Canto do Rio, clube de Niterói, em 1958. Um ano depois foi contratado pelo Flamengo, onde atuou até 1963, sendo grande atuação e conquistando títulos, o que o levou para a Seleção Brasileira.

O jogador se desentendeu com o então treinador Flávio Costa, que queria que Gérson ajudasse Jordan a marcar ninguém menos que o Garrincha, na ponta esquerda, e este se revoltou por não ser marcador, e principalmente, saber da qualidade dos dribles do Mané. Foi a campo e apesar do empate em 0 a 0, tomou uma série de dribles desconcertantes, se tornando mais um “João”.

A partir daquele dia, Gérson e o treinador não mais se falaram e sem ambiente no Clube, foi até o presidente Rubro-Negro Fadel Fadel para resolver sua situação. Fadel se colocou ao lado do treinador e afirmou que quem pagasse 150 milhões poderia leva-lo da Gávea. Ao sair da reunião, Gérson contou a história a Quarentinha, que o levou a General Severiano, o Botafogo havia vendido Amarildo ao Milan, e com o dinheiro em caixa depositou,  no mesmo dia, o valor para ficar com o jogador. Arrependido, Fadel Fadel tentou em vão desfazer o negócio, alegando que não havia cláusula liberatória em contrato. Gérson se recusou a retornar e foi treinar no Botafogo.

Conquistou o Bicampeonato Estadual pelo Botafogo, e muito inteligente e dono de passes e lançamentos precisos, ajudou a Seleção a conquistar o Tricampeonato na Copa do Mundo de 1970, no México.  Já experiente, se transferiu para o São Paulo, onde conquistou os Estaduais de 1970 e 1971.

Em 1972, Gérson deixou a equipe do Morumbi para realizar o grande sonho de sua vida, se transferir para as Laranjeiras e defender o Clube de seu coração: O Fluminense. Conquistou pelo Tricolor o Troféu Fadel Fadel (2° turno do Campeonato Carioca) em 1972, e em 1973 a Taça Francisco Laport (2° turno do Campeonato Carioca), o Campeonato Estadual e o Torneio Internacional de Verão do Rio de Janeiro.

Encerrou a carreira em 1974 sentindo-se completo por conquistar títulos com a camisa do Fluminense. Participou de 57 jogos pelo Tricolor tendo marcado 5 gols. Conquistou ainda, junto a Seleção Brasileira a Taça Independência, quando vestiu a camisa amarelinha pela última vez.

Galeria de imagens:

Compartilhe: