shopping-bag 0
Items : 0
Subtotal : R$0,00
View Cart Check Out

Doval





Doval

Compartilhe:

Nascido em Buenos Aires no dia 4 de janeiro de 1944, o Argentino Narciso Horácio Doval surgiu nas categorias de base do San Lorenzo, aonde chegou a atuar como goleiro, posição a qual não se adaptou, pois após efetuar a defesa, partia para cima dos outros jogadores, driblando-os em direção à meta adversária. Devido a sua habilidade com a bola nos pés passou a atuar no meio de campo, até finalmente chegar à posição que o consagrou, como atacante.

Doval atuou pela primeira vez no time titular do San Lorenzo com 16 anos, e já no início de carreira se destacou o suficiente para chamar a atenção dos dirigentes do Flamengo, e em 1969 chegou ao clube Rubro-Negro, onde atuou no ataque ao lado de Zico.

Em 1971, Doval retornou ao seu País natal para jogar futebol, foi para o Huracan onde atuou por uma temporada sem maiores destaques. Voltou em 1972 para o Flamengo, onde foi artilheiro do Campeonato Carioca de 1972 e campeão em 1972 e 1974.

Amplamente identificado com o Clube da Gávea e ídolo do Rubro-Negro, em 1976 Doval aceitou a proposta do presidente Tricolor Francisco Horta, e em uma troca de jogadores entre Flamengo e Fluminense, Doval veio para as Laranjeiras, deixando inconformada a torcida Rubro-Negra.

Chegou ao Fluminense e logo ganhou a torcida Tricolor, com raça e vontade aliada a uma técnica impressionante, seu futebol é até hoje lembrado pela torcida. Doval entrou para a Máquina Tricolor que contava com, entre outros craques, Rivellino, Paulo César Cajú, Edinho e Carlos Alberto Torres, entrando para a formação de uma das maiores equipes já montada no mundo para a prática do futebol.

Foi o artilheiro do campeonato Carioca de 1976 com 20 gols, onde também foi campeão pelo Fluminense, marcando o gol da final contra o Vasco da Gama, de cabeça, já na prorrogação, levando o título para as Laranjeiras.

Atuou pelo Fluminense até 1978, jogando 141 partidas e marcando 71 gols. Deixou o Fluminense para retornar à Argentina e encerrar sua carreira em 1980 no clube que o revelou, o San Lorenzo.

Conquistou  o Campeonato Estadual (1976), Torneio de Paris (1976) e o Troféu Teresa Herreira (1977). Recebeu o prêmio de Bola de Prata em 1976, como melhor centroavante.

Faleceu aos 47 anos no dia 12 de Outubro de 1991, vítima de uma parada cardíaca, mas deixou marcado seu nome na história do futebol e do Fluminense Football Club.

Galeria de imagens:

Compartilhe: