shopping-bag 0
Items : 0
Subtotal : R$0,00
View Cart Check Out

Deco





Deco

Compartilhe:

Anderson Luís de Souza, ou simplesmente Deco, nasceu em São Bernardo do Campo, em 27 de agosto de 1977. Após passar pelas categorias de base do Guarani, Juventus e Guarani, clubes de São Paulo, foi revelado pelo Corinthians onde após conquistar a Copa São Paulo de Juniores atuou em apenas dois jogos como profissional, se transferindo para o CSA de Alagoas. O clube alagoano vendeu o jogador para o Benfica de Portugal, onde não se firmou sendo emprestado para o Alverca e depois para o Salgueiros, clubes também Portugueses.

Após uma sequencia de empréstimos mal sucedidos, Deco foi dispensado pelo Benfica, sendo então contratado por um rival. No Futebol Clube do Porto, Deco se consagrou ganhando entre outros títulos a Taça da UEFA, a Liga dos Campeões e o Mundial de Clubes, além de três campeonatos Portugueses. Apelidado de “Mágico” pelos Portugueses, Deco conseguiu dupla cidadania e passou a defender a Seleção Portuguesa, onde atuou por sete anos, participando de duas Eurocopas e duas Copas do Mundo.

A genialidade de Deco o levou ao Barcelona, onde conquistou mais uma série de títulos importantes, ganhando a Liga e a Superliga Espanhola além de conquistar mais uma vez a Liga dos Campeões da Europa. Em 2008 se transferiu para o Chelsea, onde sem muito espaço conquistou a Copa e a Supercopa da Inglaterra além Premier League.

Após longa negociação, o Fluminense anunciou a contratação de Deco no dia 7 de agosto de 2010, apresentando o jogador oficialmente dois dias depois com a tradicional Camisa 20. Deco estreou com a camisa Tricolor no clássico contra o Vasco da Gama, entrando em campo aos 29min do segundo tempo e por pouco não marcou seu primeiro gol no primeiro lance que participou. O primeiro tento aconteceu dois jogos depois, no empate em 2 a 2 com o São Paulo na 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador teve participações importantes, mas uma série de lesões o manteve fora de combate, e ainda assim, conquistou seu primeiro título no Tricolor, o Campeonato Brasileiro de 2010.

Em 2011 nova lesão o tirou do time no início da temporada, inclusive dos primeiro jogos da Libertadores, competição que até então não havia disputado. Deco estreou contra o América-MEX, entrando no segundo tempo, quando a equipe perdia por 2 a 1. Em sua primeira jogada deu passe para o gol Tricolor e marcou o gol da virada aos 42min. No segundo semestre Deco foi responsável pela arrancada da equipe que terminou o Brasileiro em terceiro lugar, com nova classificação para a Libertadores da América e culminou na declaração de sua recente paixão pelo Fluminense.

Em 2012, o grande ano de Deco com a camisa Tricolor. No Campeonato Estadual brilhou fazendo um gol de gênio contra o Vasco da Gama na final da taça Guanabara, de fora da área, no ângulo, além de diversas assistências, conquistou não só a Taça Guanabara como o Campeonato Estadual, onde foi eleito o craque do Campeonato. Na Libertadores foi primoroso na vitória sobre o Boca Juniors, em plena Bombonera. Deu assistência para o gol de Fred e marcou para o Fluminense, decretando a vitória por 2 a 1.

No Campeonato Brasileiro, Deco voltou a ser fundamental para a equipe, marcando gols e dando assistências precisas, ajudando Thiago Neves a comandar o meio de campo rumo a mais um Campeonato Brasileiro, o segundo do jogador pelo Fluminense.

2013 não foi uma boa temporada para o jogador, envolvido em uma série de lesões, Deco não conseguiu uma sequencia de partidas, desfalcou o Fluminense no Estadual e na Libertadores. O jogador ingeriu medicamentos manipulados e foi pego em exame antidoping, e apesar de conseguir comprovar o erro na manipulação dos medicamentos, foi punido por 30 dias pelo Tribunal. Ao retornar aos gramados, voltou a sentir lesões ininterruptas e no dia 26 de agosto, um dia antes de completar 36 anos, Deco anunciou a sua aposentadoria. Atuou pela última vez na vitória do Fluminense por 1 a 0 sobre o Goiás, no dia 21 de Agosto.

Em julho de 2014, o Mago realizou uma partida comemorativa de despedida, atuando um tempo com a camisa do Futebol Clube do Porto, e outro tempo com a camisa do Futbal Club Barcelona. O amistoso que contou com grandes estrelas do futebol e terminou em 4 a 4 e Deco marcou dois belos gols, um com a camisa de cada time. Apesar de ter solicitado, o Fluminense não se manifestou sobre a possibilidade de realizar um amistoso com uma das equipes que o meia atuou.

Pelo Fluminense foram  92 partidas, com 55 vitórias, 15 empates e 22 derrotas, marcando sete gols, conquistando o Campeonato Brasileiro de 2010 e 2012, e a Taça Guanabara e o Campeonato Estadual de 2012.

 

Galeria de imagens:

Compartilhe: